Seguidores

terça-feira, 1 de junho de 2010

CARTA PARA VOCÊ

.
Estou aqui a te escrever essa carta , mas não sei como enviá-la, não sei como você poderia recebê-la.

Queria te contar as novidades, e de como tudo mudou desde que você partiu.
Conheci lugares incríveis , pessoas que valeram e pessoas que não valeram a pena.
Eu tive uma filha, e você não chegou a conhecê-la.
Fiquei doente, fiquei feliz, fiquei rica, fiquei pobre, fiquei mais velha e você não viu.
Fui a vários carnavais depois da sua partida e confesso que enquanto me divertia no salão, só parei pra pensar em você quando a bateria fez um solo no meio do baile. Foi quando o domingo virou quarta feira de cinzas e tudo entristeceu.
Você certamente se orgulharia de algumas pessoas e se envergonharia de outras e se surpreenderia com o rumo que cada um tomou na vida.
Sua bolacha Bonno de chocolate ficou pela metade durante muitos anos, e como você não voltava, quando me dei conta ela não estava mais por ali.
Suas roupas caíram de moda e suas coisas também foram desaparecendo, à minha revelia, mas não sou ninguém, não pude evitar que a vida seguisse em frente.
Tomei posse de alguns amigos seus, espero que não se importe com isso. É uma forma de te sentir mais próximo.
Roubaram sua montain bike . Saí com a tia noite adentro a procura-la por toda a cidade, mas não tivemos sucesso. Isso me doeu demais.
A vovó chora sempre quando falamos de você. Ela está frágil e cansada . Pressinto que logo ela possa te rever.
Me sinto um pouco culpada sempre que rio muito, sempre que passo por momentos especiais e todas as vezes que entrei num avião, foi pra você o meu primeiro e único pensamento.
É que você seguiu cedo demais , e não nos despedimos. Você não pegou a chave do meu carro novo aquela última tarde em frente a Prefeitura e eu não tive tempo de te explicar direito quando você me perguntou sobre Forrest Gump. Você teria gostado de assisti-lo.
Se eu soubesse, teria te dado um abraço bem forte aquele dia . Poderia ter dito coisas que sentia, te falar da sua importância, do meu amor, da nossa infância, mas a gente sempre acha que haverá outras oportunidades .
Peço desculpas por ter ficado enquanto você partiu. Talvez se tivesse sido o contrário, as coisas fizessem mais sentido. Sempre penso nisso...
Outras pessoas partiram depois de você, e isso me machucou muito, mas só de você eu quis desesperadamente correr entre os trilhos para tentar segurar o trem e impedir sua partida.
Que bobagem a minha....Eu querendo segurar o trem enquanto você , passageiro , seguia por outro caminho, segurado pelas mãos de Deus...

31 comentários:

  1. Nossa...
    Tô chorando feito criança.
    Que dor, que saudade!

    ResponderExcluir
  2. Vc é uma filha da puta, Luciane!
    Nao consigo parar!

    ResponderExcluir
  3. Sei exatamente o que está dizendo... Gostaria de ter 1 minuto, apenas 1 minuto com algumas pessoas que seguraram na mão de Deus e voaram...

    ResponderExcluir
  4. nossa Lu...pegou pesado hein...rsrs

    mto lindo Lu...chorei mto...estou abalada ainda..mas certamente ele está num lugar melhor do q nós...ele está ao lado do Pai...bjo

    ResponderExcluir
  5. ola lu! estou aqui, marcelo!

    ResponderExcluir
  6. Ai Lú emocionante td isso......

    ResponderExcluir
  7. eis que como sempre digo, a escrita flui nos extremos, extrema felicidade extrema melancolia, pois é só no extremo que se enxerga, e se sente, tudo posterior e anterior aquilo que se sente.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia ,lu!!!A pessoa so se vai qdo deixamos de pensar nela...com certesa ele esta vivo dentro de nos e sempre olhando por todos.Muito bonita essa carta,fique em paz!!!

    ResponderExcluir
  9. Belas palavras, Prima.
    Saudades...

    ResponderExcluir
  10. LEMBRANÇAS...LAGRIMAS QUE ESCORREM..DOR QUE DOI MUITO....SAUDADES.... SAUDADES PRA SEMPRPRE ..

    CIDINHA

    ResponderExcluir
  11. Aí meu Deus,o que foi isso"lágrimas"
    Mamãe morreu em meus braços a dez meses,e eu só queria ter a chance de dizer mais uma vez"Vc sabe que eu te amo né" Lindo,lindo não lindão...

    ResponderExcluir
  12. Ele será pra sempre inesquecivel, mas ele está ao lado do pai, nos esperando...saudades, muitas saudades....
    agora não faça mais isso comigo de chorar... sua chata, boba... saudades de vc também, de nossos bons tempos

    ResponderExcluir
  13. Lu, adorei!!!!, muito lindo, profundo.
    Saudades que dói! Alexandre!! nosso amor, nosso orgulho. Vc escreve muito lindo, e faz voltar nossa vontade infinita de chorar.

    ResponderExcluir
  14. Com certeza ele leu... eu era tão novinha quando ele se foi.. mas me consigo anda lembrar.. que saudades. queria saber como seria se ele ainda estivesse aqui

    ResponderExcluir
  15. Miiiiiiiiiiinha nosssaaaaaaa!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  16. esse miiiiiinha nosssaaaaaa! foi o Sibinel, tenho certeza....

    ResponderExcluir
  17. Oi Lu, muito lindo!
    Chorei,não deu pra segurar
    Bjssssssssss

    ResponderExcluir
  18. Nossa, que lindo! Me encheu os olhos de lágrimas, o coração de saudade e a alma de pura referência. Identifiquei-me completamente com essa falta, esse inconformismo, enfim, com essa perda tua. Tenho vivido isso, alimentado isso e tentando seguir, mesmo capenga, mesmo faltando um pedaço, como deve ser pra você também.
    Muito lindo também o teu blog. Parabéns! Vou te seguir com certeza!
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Caramba isso, né? Como manipular todas as emoções? Estranho pensar em uma impossibilidade de abraço. Esse infindável sentir falta.

    beijo

    Obs.: Pode entrar no meu Baú sim, já entrei no seu ^^

    ResponderExcluir
  20. Que sensibilidade sem tamanho ...
    Adorei lê-la!

    ResponderExcluir
  21. Mesmo que eu viva esperando perder, o que nao eh das melhores coisas, nao tem como nao passar a perceber como aquela pessoa existia pra gente muito mais do que chegamos a pensar...e sentir aquele vazio gigantesco. Adorei a carta.

    ResponderExcluir
  22. Gente, quando alguem posta como anônimo, tudo fica sem sentido...
    Mas sim, o vazio que ele deixou dói na alma, ele faz falta hoje como fazia há 15 anos...

    ResponderExcluir
  23. Bom dia Lu
    Belo e triste texto sobre uma perda e uma grande saudade. Infelizmente a vida tem desses momentos e continuamos a trilhar nosso caminho carregando na nosssa memória momentos sofridos e alegres também.
    Grata pela visita e acompanhamento ao meu mais novo espaço, muito bom para mim que tenha gostado.
    Beijoo

    ResponderExcluir
  24. Lu, é que somos "meninos"! e os meninos não choram e tem vergonha de dizer o que sentem, nao sabe nao? E nessa você judiou hein.

    ResponderExcluir
  25. Muito lindo! mas os que se foram, cumpriram sua missão e estão melhores que nós, provavelmente são melhores que nós, que ainda cá estamos! Vc se referiu ao Alexandre, ele era tão bom, portanto não pertencia a esse mundo cruel, ficou aqui por pouco tempo!Uma coisa eu tenho a agradecer a Deus, tive tempo para falar e inúmeras vezes a todos os meus queridos que já partiram o quanto eu os amava, disse e repetí isso milhares e milhares de vezes,o quanto eles eram importantes para mim, eram e são até hoje!e continuo falando sem nenhuma vergonha o quanto eu amo determinadas pessoas e uma delas é você! Lú, eu te amo muito muitoooooooooooo!

    ResponderExcluir
  26. Não fui muito próximo a ele. Mas depois de tantas historias, do seu amor por ele, sinto como se fosse um grande amigo ou alguém da familia. Parece mentira, mas sinto saudades também.

    ResponderExcluir
  27. Vim agradecer por ter permanecido em meu cantinho, principalmente nesse momento tão difícil que passo em minha vida.
    Sua presença é bem vinda.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  28. Uma bela carta, pode o tempo passar , mas a saudade continuara em nosso dia dia em nossas lembranças...
    Bjo!

    ResponderExcluir

Sabia que somente pessoas especiais postam comentários aqui?